Notícias

Home NotíciasComputação em nuvem


Notícias

Computação em nuvem
16/06/2014

Não é moda, é mais que tendência e já faz parte da realidade. O conceito de computação em nuvem tem dado suas caras há um bom tempo, mas é hoje, no momento atual, que percebemos como ele realmente está presente na nossa vida. Com tantos dispositivos, mobilidade, dados sendo gerados a rodo em todas as partes do mundo, não é difícil entender porque a nuvem se tornou prioridade empresarial. Em um futuro breve, a nuvem fará parte da rotina de quase todos os brasileiros que utilizam um computador para trabalhar e socializar. Por isso, quanto antes as PMEs brasileiras se adaptarem ao conceito, melhor para os negócios.

Segundo a pesquisa global da HP sobre Big Data e Nuvem, as empresas estão acelerando a adoção da nuvem e já revelam ganhos significativos nos investimentos em nuvem privada, além de estabelecerem modelos de fornecimento híbrido personalizados. Até 2016, estima-se que 75% do fornecimento de Tecnologia da Informação (TI) para organizações será baseado em “cloud”, sendo 39% em nuvem privada, 21% no formato gerenciado por terceiros e 15% em pública. A TI tradicional irá representar cerca de 25% do fornecimento às organizações.

O estudo foi conduzido pela Coleman Parkes Research em nome da HP e englobou 550 entrevistas com executivos seniores de negócios e de tecnologia dentro de empresas de grande e médio porte em 16 países, incluindo o Brasil. As rápidas taxas de adoção são conduzidas pelas expectativas de que a nuvem reduz os custos corporativos (68% estão adotando por essa razão), gera agilidade (59%) e melhora o serviço entre os clientes (55%).

Além disso, cerca de 59% dos participantes acreditam que a computação em nuvem irá evoluir para uma plataforma aberta, ou seja, arquiteturas que englobem os modelos convencional, gerenciado, público e privado. Para profissionais de TI, essa informação mostra uma importante vantagem competitiva em desenvolver soluções que tenham a união de mais de um dos formatos.

A nuvem e os processos diários nas PMEs

Para o levantamento, foram entrevistados executivos de empresas de médio porte. Mas as pequenas organizações também devem aproveitar o movimento para se atualizarem, considerando que esse é o futuro. Assim como foi necessário migrar do armazenamento convencional de documentos para o digital, por exemplo, uma vez feito o trabalho, as empresas encontram mais facilidade e agilidade em encontrar dados, aumentando a produtividade dos processos e integração das áreas.

Alguns dados da pesquisa podem ajudar a priorizar o que levar para a nuvem e o que buscar em um fornecedor para facilitar a escolha e transição. O estudo revelou que as aplicações mais importantes – e, portanto, que tem prioridade diante da migração de dados corporativos – são: o controle de relacionamento com o cliente (CRM) (71%); backup e armazenamento do banco de dados (67%); e o armazenamento e arquivamento (65%), sendo as aplicações financeiras as menos prováveis de passar por essa transição.

Já as principais barreiras para implementar soluções de nuvem são a definição de acordos de nível de serviço (SLAs) (68%), a necessidade de cumprir regulamentações e práticas de governança (63%), o gerenciamento de problemas com soberania de dados (62%) e o trabalho de identificar o parceiro estratégico adequado (62%). A segurança (72%) foi o item mais avaliado na hora da escolha de um sistema.

Para pequenos e médios empreendedores, uma solução indicada é o Office 365, que traz os programas já conhecidos pelos empresários na nuvem, facilitando seu acesso de qualquer lugar e melhorando a produtividade e o trabalho colaborativo. Além disso, é possível comprar a assinatura do produto por mês ou por ano, ou seja, você não gasta direto com o software.

Outra vantagem é a possibilidade de virtualizar os programas em até cinco dispositivos. Assim, além do PC da empresa, você pode baixá-los em seu notebook pessoal, tablet da família e até no celular dos sócios, que podem conferir documentos e projetos enquanto viajam a negócios. Vale destacar que a Microsoft disponibiliza uma versão gratuita do serviço para PMEs durante 90 dias. Para saber mais e testar o Trial Office 365 em sua empresa. Clique aqui e faça o download.

Fonte: Site Pensando Grande


 


Cisco
Microsoft
HP
APC
Vmware
Lenovo
Arcserve
Adobe
Apple
Citrix
CA
Corel
Eaton
Intel
Lexmark
NetApp
Samsung
Symantec
LG
Escritório Comercial - Rua Gama Cerqueira, 486 - Cambuci - CEP:01539-010 - São Paulo - SP